P300

O exame P300, chamado de Potencial Evocado Auditivo de Longa Latência é a manifestação eletrofisiológica da estratégia do SNC para executar uma tarefa que requer atenção. Esse procedimento é realizado para analisar funções atencionais e cognitivas. Por meio do p300 é possível identificar questões relacionadas ao processamento auditivo central, atenção e concentração, transtornos psiquiátricos e demência.

Considerando que a latência da onda P300 é um indicador da velocidade do processamento cortical, a mesma mostra-se marcantemente prolongada nos casos de deteriorização cognitiva Desta forma, a aplicação do potencial cognitivo P300 é importante para o diagnóstico e acompanhamento de várias alterações que afetam o sistema nervoso central, devido à mudança na forma do registro da onda, especificamente na latência e amplitude.

Inclusive usado também nos casos de diagnóstico de demência e pseudodemência, devido a sua alta sensibilidade e especificidade para estes casos, caracterizando-se com o aumento da latência da onda P300.

No entanto, é importante ressaltar que este método não estuda alterações estruturais, e sim os processos neurofisiológicos subjacentes (Franco, 2011).

No Centro de Fonoaudiologia utilizamos o P300 como um complemento do exame de processamento auditivo central! É usado como parâmetro antes do treinamento auditivo e após o treinamento auditivo!

O terapeuta compara os resultados obtidos juntamente com o exame de pac antes do treinamento auditivo e após o treinamento auditivo e correlaciona com os avanços obtidos em terapia.